Connect with us

Brasil

Morre Samuel Pinheiro Guimarães, embaixador e secretário nos primeiros mandatos de Lula – Notícias

Published

on

Morre Samuel Pinheiro Guimarães, embaixador e secretário nos primeiros mandatos de Lula – Notícias

[ad_1]


O embaixador Samuel Pinheiro Guimarães Neto morreu na manhã desta segunda-feira (29), em Brasília, aos 84 aos. A informação foi confirmada pelo Ministério das Relações Exteriores, onde Guimarães foi secretário-geral entre 2003 e 2009, durante os primeiros mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O embaixador também atuou como ministro chefe de Assuntos Estratégicos entre 2009 e 2010 e como Alto-Representante Geral do Mercosul entre 2011 e 2012.



Guimarães nasceu no Rio de Janeiro, em 1939, onde se formou em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil (atual UFRJ), em 1963, ano em que ingressou no Itamaraty. Foi também mestre em economia pela Universidade de Boston (1969).


Samuel Pinheiro Guimarães Neto também autou como chefe do Departamento Econômico do Itamaraty, diretor do Instituto de Pesquisas em Relações Internacionais (IPRI) e vice-presidente da Embrafilme.


“Além de lamentar profundamente a perda do amigo pessoal, o ministro Mauro Vieira, em nome do Itamaraty, expressa à família e aos muitos amigos e amigas do embaixador Samuel as mais sentidas condolências”, disse o Itamaraty em nota.


A pasta salientou ainda o trabalho do embaixador na inserção internacional do Brasil. “Destacou-se na formulação de políticas de integração regional, em especial do projeto do Mercosul, e na defesa da importância estratégica da relação com a Argentina. Foi eleito, em 2006, pela União Brasileira de Escritores, para receber o Troféu Juca Pato de Intelectual do Ano, em reconhecimento pela obra ‘Desafios Brasileiros na Era dos Gigantes’ e por sua trajetória no debate público brasileiro”.


Presente nos dois primeiros mandatos do presidente Lula como secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores entre janeiro de 2003 a outubro de 2009, Lula disse que Guimarães foi um dos mais importantes diplomatas da sua geração.


“Ao longo da vida defendeu o desenvolvimento, a democracia e as causas populares, resistindo a diversas tentativas de interferência externa no nosso país e atuando para uma política externa ativa e altiva, na promoção dos interesses e da soberania brasileira. Nesse momento de despedida, meus sentimentos e solidariedade aos familiares, amigos, alunos e colegas de Samuel Pinheiro Guimarães”, escreveu o presidente um uma rede social.


[ad_2]

Continue Reading
Advertisement
Clique para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revista Plateia © 2024 Todos os direitos reservados. Expediente: Nardel Azuoz - Jornalista e Editor Chefe . E-mail: redacao@redebcn.com.br - Tel. 11 2825-4686 WHATSAPP Política de Privacidade