Connect with us

Brasil

Primeiras doses da vacina contra dengue chegam ao Brasil  – Notícias

Published

on

Primeiras doses da vacina contra dengue chegam ao Brasil  – Notícias

[ad_1]


A primeira remessa de vacina contra dengue, cerca de 750 mil doses, chegou ao Brasil neste sábado (20). Uma segunda leva, com 570 mil doses, está prevista para fevereiro. O público-alvo será de crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, e as primeiras aplicações vão ocorrer no mês que vem.


A escolha do público-alvo, jovens de 10 a 14 anos, se deu porque se trata do grupo com maior quantidade de hospitalizações, atrás somente dos idosos. A vacina, porém, ainda não foi autorizada para este público, apenas para quem tem entre 4 e 60 anos de idade.



O ministério adquiriu 6,4 milhões de doses do fabricante, que serão enviadas até novembro. A previsão é de que cerca de 3,2 milhões de pessoas sejam vacinadas ainda este ano, considerando que a vacina precisa de duas doses, com no mínimo três meses de intervalo entre elas.


“É importante que as vacinas sejam utilizadas de uma forma muito criteriosa, orientada pelos princípios científicos e pelas necessidades de saúde pública”, afirmou a ministra da Saúde, Nísia Trindade.


Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu Whatsapp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Assine a newsletter R7 em Ponto


Os imunizantes serão destinados a regiões com municípios de grande porte, com alta transmissão nos últimos dez anos, e população igual ou maior a 100 mil habitantes. A lista das cidades e a estratégia de vacinação serão informadas pela pasta nos próximos dias.


A remessa recebida vai passar pelo processo de liberação da Alfândega e da Anvisa e, depois, segue para o INCQS (Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde).


Conhecida como Qdenga, a vacina contra a dengue foi incorporada ao SUS (Sistema Único de Saúde) no fim do ano passado.


Experiência em Dourados (MS)


No início de janeiro, a cidade de Dourados (MS) se tornou a primeira do Brasil a vacinar em massa contra a dengue. A iniciativa se trata de uma experiência com 150 mil pessoas da cidade, com idades entre 4 e 59 anos de idade, após uma parceria entre o laboratório fabricante e a prefeitura da cidade. O pesquisador e professor da UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul) Julio Croda coordena o acordo.


Em dezembro do ano passado, o Ministério da Saúde anunciou a incorporação da vacina Qdenga ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do SUS, o que faz do Brasil o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público universal.


A vacina apresentou, nos ensaios clínicos, eficácia geral de 80,2% contra qualquer sorotipo da dengue após 12 meses da segunda dose. A vacina também reduziu as hospitalizações em 90%.


Em 2023, o Brasil bateu recorde de mortes por dengue. Dados do Ministério da Saúde mostraram que foram registradas 1.079 mortes pela doença até o último dia 27 de dezembro. Em 2022, o número de óbitos fechou em 1.053.

[ad_2]

Continue Reading
Advertisement
Clique para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revista Plateia © 2024 Todos os direitos reservados. Expediente: Nardel Azuoz - Jornalista e Editor Chefe . E-mail: redacao@redebcn.com.br - Tel. 11 2825-4686 WHATSAPP Política de Privacidade