Connect with us

Brasil

Brasil teve cortes de energia em todos os estados e no DF em 2023, diz operador do sistema nacional – Notícias

Published

on

Brasil teve cortes de energia em todos os estados e no DF em 2023, diz operador do sistema nacional – Notícias

[ad_1]


O Brasil registrou cortes de energia elétrica em todos os estados e no Distrito Federal em 2023, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), responsável pela coordenação e operação das instalações de geração e transmissão de energia no país. No total, foram 217 interrupções, ocasionadas por perturbações da rede. O levantamento da ONS não considera Roraima, porque o estado não faz parte do sistema nacional.



O Rio Grande do Sul foi o local com mais interrupções – foram 42 cortes de energia no ano passado. Alagoas, Amapá, Espírito Santo e Santa Catarina registraram apenas um episódio de falta de luz, cada. Confira a lista completa:


• Acre: 3

• Alagoas: 1

• Amapá: 1

• Amazonas: 10

• Bahia: 18

• Ceará: 14

• Distrito Federal: 2

• Espírito Santo: 1

• Goiás: 27

• Maranhão: 9

• Mato Grosso: 4

• Mato Grosso do Sul: 4

• Minas Gerais: 19

• Pará: 20

• Paraíba: 4

• Paraná: 14

• Pernambuco: 10

• Piauí: 3

• Rio de Janeiro: 11

• Rio Grande do Norte: 3

• Rio Grande do Sul: 42

• Rondônia: 11

• Santa Catarina: 1

• São Paulo: 9

• Sergipe: 2

• Tocantins: 3


• Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

• Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

• Compartilhe esta notícia pelo Telegram

• Assine a newsletter R7 em Ponto


Além de Roraima, ainda há 211 localidades isoladas no Brasil. O isolamento não atinge nenhum outro estado por inteiro, mas regiões do Acre, Amazonas, Rondônia, Amapá, Pará, Pernambuco e Mato Grosso também não são contempladas pelo sistema nacional. Nesses locais, o abastecimento é feito por meio de usinas térmicas a óleo diesel.


O preço da falta de integração é alto. Em 2019, como o R7 mostrou, o custo de energia nas áreas interligadas era de R$ 176 o megawatt (MWh), enquanto o preço dessa mesma energia para o sistema isolado era de R$ 1.287 o MWh, devido ao alto custo do diesel, que também é o suprimento mais poluente da matriz elétrica.


Quase 38 horas sem luz


Os lares e comércios brasileiros ficaram, em média, 9 horas e 36 minutos sem energia elétrica entre janeiro e novembro de 2023, mostram dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A população de Roraima foi a mais afetada pelos cortes – os roraimenses passaram 37 horas e 31 minutos no escuro. Os moradores do interior de Santa Catarina atendidos por uma das concessionárias que prestam serviço no estado foram os que menos enfrentaram falta de energia no ano passado – 1 hora e 57 minutos.



Na média por região, o Centro-Oeste e o Sul passaram o limite determinado pela Aneel. O Sudeste chegou perto, e o Norte e o Nordeste, apesar do excesso de horas sem energia, ficaram longe do teto. Veja:


Sul

• 9 horas e 24 minutos sem luz em 2023

• Limite da Aneel: 9 horas e 23 minutos


Sudeste

• 7 horas e 16 minutos sem luz em 2023

• Limite da Aneel: 7 horas e 54 minutos


Norte

• 21 horas e 12 minutos sem luz em 2023

• Limite da Aneel: 29 horas e 54 minutos


Nordeste

• 11 horas e 39 minutos sem luz em 2023

• Limite da Aneel: 13 horas e 6 minutos


Centro-Oeste

• 15 horas e 48 minutos sem luz em 2023

• Limite da Aneel: 12 horas e 6 minutos

[ad_2]

Continue Reading
Advertisement
Clique para comentar

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revista Plateia © 2024 Todos os direitos reservados. Expediente: Nardel Azuoz - Jornalista e Editor Chefe . E-mail: redacao@redebcn.com.br - Tel. 11 2825-4686 WHATSAPP Política de Privacidade